Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

SALINEIRA

Foto do acervo do Centro Educacional Alexis Novellino, nome do fundador da Auto Viação Salineira, mostrando a garagem da empresa, nos seus primórdios. A data não é creditada, mas tudo indica que a foto é em torno de 1935.

A Salineira surgiu servindo a linha "Cabo Frio X Araruama".

ÔNIBUS DA CARROCERIA LINS

Esta foto mostra um ônibus mineiro da rara e extinta carroceria Lins, cuja razão social foi Miuari, Suzuki & Cia Ltda.

A máscara, porém, foi cortesia da General Motors, que é o chassis desse ônibus.

A foto é de 1954 e foi extraída do portal Toffobus.

VIAÇÃO ATA

Este ônibus, em foto de 1952, é da extinta empresa capixaba Viação Ata, absorvida posteriormente pela Viação Itapemirim.

A foto foi restaurada por mim.

SOGIL

Este antigo ônibus, modelo Eliziário Bicampeão 1965, é da empresa Sociedade de Ônibus Gigante Ltda. (SOGIL), da cidade gaúcha de Gravataí, e, muito bem conservado, é usado como exposição e transporte de passageiros para passeio turístico-busófilo.

Este lindo ônibus preservou até o visual original e os detalhes externos e internos, e além disso seu motor é Scania Vabis, o que faz o ônibus grande e robusto.

As fotos foram extraídas do site gaúcho Via Circular.



RIO DE JANEIRO: PRAÇA DA BANDEIRA, 1962

Vemos a Praça da Bandeira, no Rio de Janeiro, então do Estado da Guanabara, em 1962, nos primeiros momentos da Av. Radial Oeste, logradouro que em diferentes trechos usa dois nomes: Av. Osvaldo Aranha e Av. Pres. Castelo Branco. A foto é do acervo do jornal O Globo, divulgada pelo colunista Marcelo Mello.

Note-se que a Praça da Bandeira servia de destino final para muitas linhas, mas hoje apenas uma linha a tem como destino, a 624 Mariópolis / Praça da Bandeira, da Novacap (se bem que ela pára, na verdade, no Estácio).

MAIS RIO DE JANEIRO EM 1954

Essa linda foto foi enviada pelo colaborador Renato Torres Libeck, a quem agradecemos a gentileza. É um lindo registro da Av. Pres. Vargas, então uma "criança" de dez anos de idade, no então Distrito Federal. Note-se o grande movimento de veículos, sobretudo ônibus e lotações. O trecho da avenida corresponde ao da Cidade Nova à Praça Onze, e essas casas antigas não existem mais.

RIO DE JANEIRO EM 1954

Esta foto também enviada por Renato Torres Libeck mostra a Av. Beira Mar, na Glória, em dia de mar agitado. Vale lembrar que não havia, ainda, o Aterro do Flamengo, obra que só começaria a ser construída em 1955.

CMTC EM 1960

Realmente, uma SP Trans controlando todos os ônibus de São Paulo não vale uma CMTC que operava parte das linhas da cidade.

Vemos aqui duas fotos provavelmente de 50 anos atrás, ou seja, de 1960. Mostra o belíssimo visual vermelho e amarelo da Companhia Municipal de Transportes Coletivos (CMTC) com seus ônibus, na primeira foto um GMC ODC-210 de 1954 e, na outra foto, um Twin Coach de 1948, que por sua vez ultrapassa ou é ultrapassado por um ônibus da CAIO Bossa Nova.

Fotos do acervo de Renato Libeck.


GONTIJO

Esta foto do acervo de Luiz Bareza mostra a empresa Gontijo, tradicional em Minas Gerais e em outros Estados, com uma antiga frota, provavelmente da primeira metade dos anos 50. Meu palpite? 1952.

NOSSA SENHORA DO AMPARO

Vamos nos lembrar do exemplar da Ciferal Líder II que a Viação Nossa Senhora do Amparo, de Maricá (RJ), teve em sua frota.


PORTO ALEGRE

Foto extraída do site Paronamio, mostrando o Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, no ano de 1957. 

GARCIA

Este ônibus na montagem reconstitutiva é da Expresso Garcia de Niterói, que no entanto foi sediada antes em São Gonçalo. Era época em que a empresa servia a atual 444M Engenho Pequeno / Niterói, hoje entregue à Viação Galo Branco, que no entanto também existia naqueles tempos, a década de 70.


ESTRELA

Esta montagem reconstitutiva nos faz relembrar da Viação Estrela com o desenho da carioca Acari e com CAIO Gabriela I em sua frota.

PAVILHÃO DE SÃO CRISTÓVÃO, EM 1969

Esta foto, extraída do portal Skyscrapercity, mostra uma exposição de transportes no Pavilhão de São Cristóvão, no Rio de Janeiro, em 1969.

CTC

Esta foto mostra a chegada, em 1964, dos então novos carros da CAIO produzidos especialmente para a frota da CTC-GB.

Nota-se que o veículo da frente mostra o número da linha 127, hoje com a Real Auto Ônibus, assim como a 123 do carro de trás, que no entanto chegou a ser operada pela Castelo Auto Ônibus por um bom tempo.

SÃO GONÇALO, DE CONTAGEM

Esta foto de Robson Rodrigues, do jornal Diário de Contagem, de Contagem (MG), mostra um exemplar do que era um dos antigos ônibus da empresa São Gonçalo, daquele município, até hoje uma das mais atuantes da Grande Belo Horizonte, só que em termos.

Afinal, graças à padronização visual dos ônibus belzontinos, por um lado, e pela administração da BHTrans, uma paraestatal, no controle das linhas de ônibus da Grande BH, a empresa São Gonçalo aparece hoje bastante apagada nas ruas mineiras.

TURF E O ANCESTRAL DO CAMPIONE

Esta foto do acervo de Verônica Wavrzeniack mostra a empresa Turf, de Pelotas (RS), da qual a colecionadora é assessora. A foto, de 1974, mostra um veículo da indústria Incasel, que vem a ser conhecida hoje como Comil. Portanto, é um modelo rodoviário, por sinal com um lindo desenho psicodélico da Turf, ancestral do atual modelo Campione.

PASSAGEM SUBTERRÂNEA NA ZONA SUL CARIOCA

Rio de Janeiro em dois tempos, em fotos publicadas pela Agência O Globo. Nessas fotos há a passagem subterrânea para pedestres no bairro do Botafogo, nas proximidades do Túnel do Pasmado, na Zona Sul carioca. Na primeira foto, de 1959, há lotações passando nas proximidades. Já na segunda foto, de 1966, é um ônibus da Viação Taninha que percorre o local.


CARAMUJO

Uma descoberta que eu fiz vendo uma foto de Augusto Antônio dos Santos, de 1965, é a presença deste ônibus na foto que originalmente foi tirada incluindo o ônibus da Amari, que fazia a linha 25 Riodades / Centro, de Niterói, linha hoje operada pela Auto Lotação Ingá.

Pois, observando bem a foto do ônibus de trás, vê-se a palavra Caramujo, o que tudo indica que, com a quantidade menor de linhas que Niterói tinha há 45 anos atrás em relação a hoje, e que a Ponte Rio-Niterói ainda não passava de um projeto em discussão, esse ônibus vem a ser da conhecida e extinta Rápido Caramujo. Apesar da ausência da capelinha, deve ser a própria linha 26 Caramujo / Centro, hoje também da Ingá.

VIAÇÃO NEFER, DE SÃO PAULO

Esta foto é do acervo do nosso colaborador Eduardo Cunha, que sempre que possível nos ajuda para aperfeiçoar o conteúdo deste site. Mostra uma foto de recordação de um motorista, à frente de um ônibus Carbrasa Scania de 1960, da empresa Viação Nefer, de São Paulo.

Tempos áureos de empresas de ônibus paulistanas que tinham identidade própria.



SENHOR DO BONFIM

Esta foto de Mário Sampaio, do acervo de Moacir Ramos, mostra um ônibus da Expresso Senhor do Bonfim, carrocerias Metropolitana modelo rodoviário de 1965, rodando a Estrada das Canoas, em São Conrado, no então Estado da Guanabara, pista hoje interditada devido à tempestade que assolou o Rio de Janeiro na última semana.

Alguém pode dizer se essa Expresso Senhor do Bonfim tem alguma relação com a Viação Senhor do Bonfim que existe hoje em Angra dos Reis?

INGÁ

Esta foto reconstitui o antigo carro 711, que mostra a tendência da Auto Lotação Ingá, de Niterói, em investir em "ovelhas negras". A empresa compra um único carro de um modelo, e depois compra uma série dele com alguma diferença em comprimento, posição do motor ou qualquer outro detalhe. O carro 711, da Ciferal Leme,, pode até ter sido adquirido, talvez, pela extinta Teixeira de Freitas, mas, sendo absorvido pela Ingá junto a outros carros, mostra que a Ingá herdou a tendência das "ovelhas negras" da antiga empresa.

Recentemente a Ingá comprou um único carro da Neobus Mega 2007 (lote 2009), NIT.01-111, motor Volkswagen para as linhas municipais niteroienses, e pouco depois comprou uma série do mesmo modelo com motor Mercedes-Benz. O que confirma a tendência da Ingá em investir nas "ovelhas negras".



MADUREIRA CANDELÁRIA

Relembremos um carro da CAIO Bela Vista máscara negra que a Viação Madureira Candelária teve em sua frota.



GALO BRANCO

Enquanto não aparece alguma foto com o desenho de fundo cinza e logotipo em fonte "saloon", apresentamos a Viação Galo Branco, em montagem reconstitutiva, com um carro da CAIO Bela Vista I caraterizada na sua frota municipal de São Gonçalo (RJ).

GLÓRIA, DE CURITIBA

Nessa garimpagem de nosso site aos tempos anteriores à curitibanização dos ônibus - padrão tecnocrático de transporte coletivo que assinala sua decadência - , pegamos uma foto de 1972, que até é comum na Internet, mostrando um ônibus de uma empresa de Curitiba, a Transportes Coletivos Glória, que até existe hoje, formalmente, mas apagada pela insossa padronização visual (na prática, todas as empresas se chamam CIDADE DE CURITIBA).

Quem tiver fotos raras dos ônibus de Curitiba anteriores a 1974, favor entrar em contato.



ESTRELA DO ORIENTE

Essa montagem reconstitutiva mostra um ônibus da extinta empresa carioca Viação Estrela do Oriente, que serviu a linha S11 Ramos / Madureira (nenhuma relação com a S11 atual, que liga Inhoaíba à Praça 15).

A antiga S11 também não tem ligação com a 940, apesar de ligar os mesmos destinos, mas talvez à 908 Bonsucesso / Guadalupe, se levarmos em conta que a linha passa por Pilares e Cavalcanti.


CCTC

Esta foto, provavelmente de 1979, é de autoria do busólogo paulista Mário Custódio e mostra um ônibus da Companhia Campineira de Transporte Coletivo, CCTC, com um modelo Ciferal Leme, motor Scania, sem os adereços do modelo que a fábrica colocou sobre as portas de embarque e desembarque. Este carro circulou na frota da Viação Cometa, que foi sócia da antiga empresa de Campinas, interior paulista.



COMETA E CCTC

Mais uma foto sobre transportes em Campinas. Desta vez, uma foto, provavelmente de 1968, publicada na revista O Cruzeiro, com os ônibus da Viação Cometa e da CCTC, numa garagem no citado município paulista.



ERENO DÖRR

Essa tradicional empresa de Lajeado (RS), Ereno Dörr Transportes Ltda., aparece aqui com um ônibus antigo, carroceria Eliziário,

modelo provavelmente de 1968. Pela chapa do ônibus, a foto deve ser de 1975. O site da empresa é http://www.dorr.com.br

NOSSA SENHORA DO AMPARO

Esta montagem reconstitutiva relembra um ônibus da Ciferal Leme da Viação Nossa Senhora do Amparo, de Maricá (RJ), com a pintura que recebeu nos anos 80.



ESTRELA AZUL

Este exótico ônibus das Carrocerias Pilares é da Transportes Estrela Azul, do então Estado da Guanabara, na sua tradicional linha 434 Grajaú / Leblon, que a mesma empresa opera atualmente.

VERDUN

Duas fotos mostram a Viação Verdun, do Rio de Janeiro, nos primórdios. As fotos mostram a primeira linha da empresa, 225 Praça 15 / Verdun (nome de uma praça no Grajaú), creio que corresponde à antiga codificação pré-1964.

Fotos do acervo do colaborador de nosso site, Antônio Sousa Guedes, divulgadas por Sidney Júnior, outro colaborador, no seu site CIA de Ônibus.




APARECIDA

Hoje é dia de Nossa Senhora de Aparecida, considerada a padroeira do Brasil, e os católicos prestam muita devoção à santa neste dia, indo, quando podem, à Basílica de Aparecida (SP).

Mas a busologia também tem, neste dia, outro ritual de devoção, já que o evento é uma festa também na presença de vários ônibus de turismo.

Nesta foto, de 1965, vemos uma porção de ônibus, com destaque para vários "bicudinhos" (Mercedes-Benz O-321) da Breda Turismo.



FLUMINENSE

Vamos mostrar aqui o ônibus da CAIO Bela Vista 1973 da Auto Viação Fluminense, de Niterói, na linha 7155 Fonseca / São Cristóvão, a atual 725D da Auto Lotação Ingá.

CMTC E O PIONEIRISMO NOS ÔNIBUS PARA CADEIRANTES

A Companhia Municipal de Transportes Coletivos, de São Paulo, vulgo CMTC, foi pioneira na adaptação dos ônibus para o acesso dos deficientes físicos, adaptando, de maneira quase artesanal, um ônibus da CAIO Bela Vista 1973, no ano de 1981.

Felizmente todos os ônibus novos têm que ser fabricados com acesso para deficientes, uma conquista de uma causa que tem quase três décadas.

INAUGURAÇÃO DE TROLEBUS EM NITERÓI

Esta foto, do acervo de Marcelo Almirante, data de 1954 e mostra a inauguração do serviço de trolebuses da SERVE - Empresa Estadual de Viação Niterói-São Gonçalo - , na garagem da Rua Marechal Deodoro, em Niterói.

Durante anos esta garagem pertenceu à SERVE e, depois, à Companhia de Transportes Coletivos (CTC). Cheguei a acompanhar esta fase.

Na ocasião, estava presente o então governador do Estado do Rio de Janeiro, Ernani do Amaral Peixoto, também genro de Getúlio Vargas.

Atualmente a área abriga uma filial da rede de supermercados Guanabara e um espaço cultural.



LOTAÇÃO CARIOCA EM 1954

Esta foto, provavelmente noticiando um tumulto ocorrido no centro do Rio de Janeiro, mostra um lotação que, no então Distrito Federal, operava um dos ramais da Estrada de Ferro para o Leblon. O veículo era fabricado pelas Carrocerias Metropolitana.

FACULDADE DE DIREITO DA UFBA

A famosa faculdade da Universidade Federal da Bahia - de cuja biblioteca cheguei a frequentar umas vezes - surgiu em 1891 como Faculdade Livre de Direito da Bahia, e seu atual prédio localiza-se no bairro da Graça, em Salvador.

O atual prédio foi inaugurado em 1961, mas a única imagem antiga que pude pegar na Internet é esta, datada provavelmente de 1975, com a incipiente avenida de vale, Av. Miguel Calmon (que depois dá na Av. Lafaiette Coutinho) então aberta pelo governo baiano para abrir caminhos pela cidade.

COMETA

Foto extraída do site da Intelog - www.intelog.net - mostrando uma frota de ônibus da Ciferal Líder I, de 1970 (mas creditado a 1968) da Viação Cometa, motor Scania, ainda estacionados na fábrica gaúcha da fabricante sueca.

TROLEBUS DA GRASSI

Ainda sobre as Carrocerias Grassi. Essa foto de 1958, do acervo do portal Ônibus Brasil, mostra um dos primeiros trolebuses produzidos no Brasil, pelas carrocerias Grassi, com equipamentos da Villares comprados sob licença dos EUA.

ÔNIBUS "BULLDOG"

Esta foto, tirada na cidade de São Paulo em 1941, mostram o ônibus "bulldog" da empresa Lapa. O ônibus, com concepção inspirada no padrão da GMC, foi fabricado pelas Carrocerias Grassi.

CARIOCA

Esta foto de 1968 foi tirada numa das garagens da CTC, mas pelos ônibus dá para perceber que é a saudosa Viação Carioca, empresa que eu pude ver pessoalmente e que foi absorvida em 1984 pela Auto Viação Alpha.


MADUREIRA

Esta foto de 1960 mostra a extinta Madureira Auto Ônibus, com carroceria Cermava, num modelo que, na dianteira, lembra a CAIO Bossa Nova (CAIO Marta Rocha, segundo o site da CAIO Induscar). Foto do acervo de Allan Piubel Rabello.

A curiosidade fica por conta da linha, com a codificação anterior a 1964, de número 80 Madureira / Candelária (a Igreja da Candelária era destino final de algumas linhas cariocas).

Aqui fica uma dúvida: essa Madureira Auto Ônibus não teria sido o embrião da Viação Madureira Candelária, com a devida mudança na codificação da frota?