Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

CITRAN

Essa foto, provavelmente de 1959, mostra um ônibus da lendária empresa mineira Citran, com um modelo rodoviário da Carbrasa lançado naquela época.


CARBRASA

Essa foto, do acervo original da indústria Carrocerias Brasileiras S/A - Carbrasa - mostra um de seus modelos urbanos de 1952, destinado a uma empresa urbana de Belo Horizonte, não creditada.


RIO COMPRIDO

Uma extinta empresa carioca (desapareceu já nos anos 70), responsável pela linha 247 Camarista Méier / Passeio, que chegou a ser depois da São Silvestre, Palácio e atualmente é servida pela Verdun. Essa linha tem como peculiaridade atender o bairro da Boca do Mato, onde fica a Rua Camarista Méier que dá nome à linha, passando pela Rua Dias da Cruz, indo para o bairro do Riachuelo em direção ao Maracanã e daí para a Praça da Bandeira, seguindo até a Candelária. Da Candelária, pega a Av. Rio Branco, contorna parte da Av. Beira-Mar, contorna o Passeio e depois volta pela Lapa, indo até o Catumbi e fazendo, da Av. Pres. Vargas, o itinerário oposto do sentido Méier-Estácio citado na linha.

As duas fotos, uma Metropolitana ano 1962 (o exótico modelo Eldorado), mas em registro de 1964, na primeira foto e a Metropolitana 1966 em registro de 1968, na segunda, fazem parte do acervo da Cia de Ônibus.



TRANSLUXE E A "CAIO DO TRAPÉZIO"

A foto de 1976, de Augusto Antônio dos Santos, mostra um ônibus da extinta empresa Transluxe, da Grande Belo Horizonte, com o modelo CAIO Bela Vista 1972, que eu, na minha infância, chamava de "CAIO do Trapézio" por conta do retângulo desenhado em sua máscara.


NOVA SUÍSSA

A Auto Omnibus Nova Suíssa é uma das empresas de Belo Horizonte castigadas por diversos fardões, como é a sina de muitas empresas mineiras. Mas aqui mostramos o tempo em que a empresa tinha direito de usar sua identidade visual própria, em foto provavelmente de 1978 mostrando um ônibus da Marcopolo Veneza 1975, provavelmente de um lote posterior. Foto do acervo do Barrazabus.


TRANSLUNA

Essa foto, de 1976, mostra o ônibus da extinta empresa da Grande Belo Horizonte, Transluna, com modelo Marcopolo Veneza 1970, em registro feito por Augusto Antônio dos Santos.


ESTRELA AZUL

Hoje castigada pelo fardão da Prefeitura do Rio de Janeiro, a Transportes Estrela Azul aparece aqui numa foto provavelmente de 1973, na garagem da empresa, com um ônibus do modelo Novo Rio, das Carrocerias Vieira, que marcou presença na empresa.


RIO DE JANEIRO: CINE MIRAMAR, 1973

Esta foto da Agência O Globo data de 1973 e mostra o antigo Cine Miramar, localizado na Av. Delfim Moreira, no Leblon, Rio de Janeiro, expressando tempos saudosos em que os cinemas de bairro faziam a diversão das pessoas.


BLUMENAU, EM 1957

Essa foto, publicada em um cartão postal, mostra a cidade catarinense de Blumenau, no ano de 1957, focalizando a Rua 15 de Novembro. Destaca-se, em primeiro plano, um automóvel Chevrolet De Luxe importado, provavelmente de um lote de 1955.


RIO DE JANEIRO: AV. FRANCISCO BICALHO, 1958

Esta foto mostra a Av. Francisco Bicalho, no Rio de Janeiro, no sentido Leopoldina - Centro, em 1958.


RIO DE JANEIRO: JARDIM BOTÂNICO, 1955

A foto é um cartão postal da Melhoramentos, e mostra a Rua Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, em foto de 1955, com um bonde sendo ultrapassado por um ônibus modelo GMC Coach, só restando decifrar a linha, que parece ter código 12, sugerindo um ramal "Estrada de Ferro / Leblon", mas essa linha passava por Copacabana.


VIAÇÃO SANTO ANTÔNIO, CAIO ACLO

Pelo menos entre os anos 50 e o início dos anos 60, havia duas empresas ligando o Rio de Janeiro a Salvador. Uma era a Transportes Salvador, que pegava o percurso de Minas Gerais, pela Rio-Bahia, e outra a empresa desta foto, Santo Antônio, que pegava a atual BR-101, passando por Macaé, Campos e pelo Espírito Santo. A Santo Antônio também foi responsável pelo ramal Rio X Campos, hoje feito pela Auto Viação 1001, de Niterói (RJ).

Esta foto, do acervo de Fernando Henrique Gomes de Souza, mostra um ônibus da CAIO, modelo Aclo, ano de 1952.


VITÓRIA E ÔNIBUS "SINFONIA INACABADA"

Esta foto de janeiro de 1935, do acervo das Carrocerias Grassi, mostra um modelo chamado "Sinfonia Inacabada", de estilo gótico, da Auto Viação Vitória, extinta empresa do Rio de Janeiro. O motor Volvo já mostrava sua caraterística típica de "não aparecer" no recinto do ônibus. A empresa tinha linhas ligando Leblon e Jóquei Clube à Praça Mauá.


NITERÓI: PRAÇA ARARIBOIA E TROLEBUSES SERVE, 1956

Esta foto pertence ao acervo de Allen Morrison e provavelmente foi registrada em 1956. Mostra a Praça Arariboia, na antiga capital fluminense, Niterói, então com um terminal de trolebuses da empresa SERVE. Um bonde também passa pela redondeza.

A foto também foi publicada no volume "Espírito Santo - Rio de Janeiro" da Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, publicada pelo IBGE em 1958, no verbete correspondente a Niterói.


ÔNIBUS DE TURISMO DA NICOLA, 1961

Essa foto, de 1961, digitalizada da revista Quatro Rodas, mostra um ônibus de turismo mais arrojado, das Carrocerias Nicola (hoje Carrocerias Marcopolo), com o famoso modelo Série Ouro, lançado dois anos antes e então em produção.

Curiosamente, os equipamentos montados para esse veículo que era dotado até de box com chuveiro e de bar para refeições, eram fabricados pela empresa Material Ferroviário S/A, Mafersa, que três décadas mais tarde tentou uma breve trajetória produzindo seus próprios ônibus.


GRASSI SERTANEJO 1956

Aqui mostramos o curioso ônibus produzido pelas Carrocerias Grassi, histórica indústria brasileira, com chassis diferentes. São duas fotos, ambas de modelos 1956, uma mostrando o chassis F-100 da Ford, outra o chassis 6500 da Chevrolet. O interessante é que, por causa do chassis de caminhão mudava a dianteira.



RIO DE JANEIRO: AV. PRES. VARGAS, 1961

Essa foto, usada para um anúncio da Esso em revistas da época, mostra a Av. Pres. Vargas, no Rio de Janeiro, em 1961, tendo à frente a Igreja da Candelária. A imagem é tirada de dentro do automóvel, sob o ponto de vista de quem dirige o carro.


MADUREIRA

A extinta Madureira Auto Ônibus aparece aqui em foto de 1965, mostrando um modelo das Carrocerias Metropolitana 1961, provavelmente de um lote posterior. Acervo de Augusto Antônio dos Santos.


TARUMÃ

Esta foto, do acervo de Augusto Antônio dos Santos, mostra um ônibus da Viação Tarumã, Carrocerias Vieira, modelo urbano de 1964, circulando em foto de 1965. A linha em questão era a extinta 122 Estrada de Ferro / Forte de Copacabana.


ROSANE

Aqui vemos outra extinta empresa carioca, a Transportadora Rosane, com um modelo urbano das Carrocerias Metropolitana de 1966, mas em foto posterior, provavelmente de 1972.

A empresa fazia a linha 398 Campo Grande / Largo de São Francisco (via Rua Campo Grande), hoje considerada uma das mais problemáticas da Zona Oeste (seu destino no Centro "pulou" para Tiradentes e, recentemente
, para o Largo da Carioca / Av. República do Chile).

LEOPOLDINA

A foto do acervo de Antônio Sousa Guedes mostra um ônibus da Viação Leopoldina, responsável pela linha 136 Leopoldina / Bairro Peixoto (hoje "Rodoviária / Copacabana" via Túnel Velho), que em 1965 circulava com modelos como este Cermava 1963, provavelmente do lote de 1964.


LEME

Esta foto, também do acervo de Antônio Sousa Guedes, mostra a Auto Viação Leme também estreando, em 1965, o modelo urbano que a empresa Carrocerias Metropolitana lançou na época. A empresa era responsável pela linha 226 Grajaú / Carioca.

A Leme era associada à antiga Lotação Real, depois Real Auto Ônibus, e curiosamente as duas se fundiram, com a Leme mantendo sua estrutura e a Real, o nome.


TRANSMONTANA

Esta foto, do acervo do pesquisador Antônio Sousa Guedes, mostra um ônibus da extinta empresa Viação Transmontana, aqui em foto de 1965 apresentando o então novo modelo das Carrocerias Metropolitana. A empresa era responsável pela linha 178 Praça da Harmonia / Hotel Nacional, cujo ramal foi ampliado hoje para a Rodoviária Novo Rio.


EXPRESSO NORDESTINO

O ônibus da foto se trata do Expresso Nordestino, empresa extinta e que, no ônibus da foto - estimada como de 1956  - , uma CAIO recentemente apelidada pelos busófilos como "Goiabada", não se sabe por quê, tem como peculiaridade um porta-malas sobre o ônibus, com escadaria e tudo.

A foto foi publicada originalmente no portal Railbuss.


MADUREIRA CANDELÁRIA

Hoje castigada pelo fardão da Prefeitura do Rio de Janeiro e alvo de rumores de extinção num sistema de ônibus em que empresas surgem e desaparecem, trocam de nome e de linhas e o povo é sempre o último a saber, a Viação Madureira Candelária aparece aqui com CAIO Jaraguá 1966, em foto preto e branco, mas com a identidade visual própria, em foto provavelmente de 1970.


RIO DE JANEIRO: AV. NILO PEÇANHA, CASTELO, 1961

Essa foto mostra a Av. Nilo Peçanha, no bairro carioca do Castelo, em 1961, próximo ao antigo Terminal Erasmo Braga. Destaca-se o ônibus CAIO Bossa Nova da Turi Transportes da linha 102 Saens Peña / Largo do Machado, extinta em razão do ramal hoje ser atendido por metrô.


RIO DE JANEIRO: AV. MAL. FLORIANO, 1961

Esta foto mostra uma parte do centro do Rio de Janeiro, então Estado da Guanabara, na Av. Marechal Floriano, acesso viário para a Central, com o ônibus da carroceria Camões que aparece em destaque destinado ao bairro do Leblon, no ano de 1961.

Ao lado do ônibus Camões, da extinta Viação Tarumã (linha 12 Estrada de Ferro / Leblon, via Copacabana), aparece um ônibus da Real (que existe até hoje), na linha 112 Hospital dos Servidores / Copacabana, com um histórico curioso.

Afinal, a linha, anos depois, se desdobrou nas linhas 121 Central / Coapcabana e a 127, surgida como Mauá / Copacabana, depois ampliada para Rodoviária / Copacabana, com a transferência da rodoviária municipal da Praça Mauá (Terminal Américo Fontenelle) (hoje restrita a linhas municipais e intermunicipais) para a atual Novo Rio.


SALVADOR: AV. DO CONTORNO, 1962

As duas fotos mostram as obras de construção da Av. do Contorno, atualmente Av. Lafayette Coutinho, que em Salvador liga o entorno do Canela ao bairro do Comércio, terminando no entorno da famosíssima igreja da Conceição da Praia e do também célebre Elevador Lacerda.

As duas fotos, tiradas no intervalo de uma semana, correspondem a outubro de 1962 e foram extraídas do acervo Cronologia do Urbanismo de Salvador.



RIO DE JANEIRO: COPACABANA, EM 1952

Esta outra foto mostra outra rua do bairro carioca de Copacabana, a Av. Nossa Senhora de Copacabana, em 1952, com um bonde vindo de Ipanema com destino para o extinto terminal de Tabuleiro da Baiana (junto ao Largo da Carioca), ao lado de um Camões da Viação Tarumã, vindo do Leblon com destino o terminal da Central (Estrada de Ferro).

Curiosamente, ambas as linhas tinham o código 13, o que pode ter sido uma façanha registrar esse momento.


RIO DE JANEIRO: COPACABANA, 1957

Esta foto mostra a Av. Atlântica, no bairro de Copacabana, no então Distrito Federal, no ano de 1957.