Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

NITERÓI, PRAIA DE ICARAÍ, 1974

Este cartão postal de Niterói mostra a Praia de Icaraí, cuja avenida atualmente se chama Av. Jornalista Alberto Francisco Torres, que em 1974 era o dono do jornal O Fluminense. Nota-se a substituição gradual de antigas casas por edifícios, aos poucos compondo o aspecto urbano atual.


NITERÓI, PRAÇA ARARIBOIA, 1974

Este cartão postal de Niterói mostra a Praça Arariboia, no trecho do Centro Sul da cidade. À direita, em primeiro plano, está o tradicional edifício-sede dos Correios.


ANÚNCIO DO FORD RURAL

Esse anúncio, de 1972, mostra uma rua de São Paulo, com um ônibus da CMTC modelo Striuli Cityrama passando ao lado de uma camioneta Rural, antes da Willys-Overland, aqui sob a marca Ford, virando o Ford Rural, que basicamente havia mantido as caraterísticas originais.



RIO DE JANEIRO, BARRA SHOPPING EM CONSTRUÇÃO, 1975

Esta foto, do acervo do fotologue Rio Antigo, Rio Hoje, mostra o bairro carioca da Barra da Tijuca, tendo a Av. das Américas em primeiro plano, com as obras de construção do Barra Shopping, no ano de 1975. A Barra da Tijuca estava sofrendo um processo constante de urbanização, mas ainda não era o principal bairro nobre do Rio de Janeiro.


SÃO PAULO, PRAÇA DAS BANDEIRAS, 1955

Mais uma foto de São Paulo, desta vez de um cartão postal de 1955 mostrando o entorno da Praça das Bandeiras.


SÃO PAULO, PRAÇA OSWALDO CRUZ, 1956

Esta foto, do acervo São Paulo Antiga, mostra a Praça Oswaldo Cruz, em São Paulo, no ano de 1956.


PORTO ALEGRE, VISTA AÉREA, 1966

Este cartão postal, do acervo do portal Prati.com.br, mostra a vista aérea de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, em 1966.

Ao fundo, vemos um aterro, que hoje é o centro das atenções de todo o país, pois se trata do bairro de Praia de Belas, onde fica a sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que realiza julgamento de condenação contra o ex-presidente Lula.

Pedimos que deixemos de lado as paixões políticas porque o local aparece aqui a título de informação.


RIO DE JANEIRO, BAR 20, 1961

O histórico Bar 20 (ou Bar Vinte), um dos principais pontos de Ipanema, no Rio de Janeiro, aparece em primeiro plano nesta foto publicada no jornal A Noite, de 16 de fevereiro de 1961.


SIMCA CHAMBORD

Vemos o detalhe de um anúncio para mídia impressa de 1963 da marca de automóveis Simca, com seu modelo clássico Simca Chambord. Dois modelos fazem papel de engenheiros posando ao lado do imponente carro.

RIO DE JANEIRO, COPACABANA, 1961

Este registro do jornal A Noite, edição de 09 de janeiro de 1961, mostra uma rua do bairro de Copacabana com plantações de mudas dentro do programa Operação Replanto, feita na tentativa de melhorar os ares do bairro da Zona Sul carioca.


NITERÓI, ILHA DA CONCEIÇÃO, 1961

Agora vemos uma foto da Ilha da Conceição, em Niterói, publicada no jornal A Noite de 07 de fevereiro de 1961. Nela se destaca uma escola em péssimo estado de conservação e limpeza, motivo das queixas de muitos moradores da ilha e muitos alunos da referida instituição de ensino.


RIO DE JANEIRO, ÔNIBUS DA VIAÇÃO TARUMAN, 1961

Nesta foto, publicada na capa de A Noite de 04 de fevereiro de 1961, vemos dois ônibus da Auto Viação Taruman, extinta empresa municipal do Rio de Janeiro, depois de uma vistoria no Departamento de Concessões, no Centro.


RIO DE JANEIRO, PRAÇA SAENS PEÑA, 1961

Esta foto do jornal A Noite, de 24 de janeiro de 1961, mostra uma vista aérea da Praça Saens Peña, importante área comercial da cidade do Rio de Janeiro.


RIO DE JANEIRO, POSTO DA COFAP, 1961

Já este registro do Centro do Rio de Janeiro, publicado no jornal A Noite de 09 de janeiro de 1961, mostra um posto da COFAP (Comissão Federal de Abastecimento e Preços), situado entre a Rua México e a Rua Araújo Porto Alegre.

O jornal se queixa de tal instalação, feita em local impróprio, atrapalhando o movimento de transeuntes e não conseguindo atrair a demanda necessária, até porque alguns produtos vendidos no local não eram considerados atraentes.


ILHA DE BROCOIÓ, PALÁCIO DE BROCOIÓ, 1961

Vemos agora uma foto, publicada no jornal A Noite, de 09 de janeiro de 1961, com o imponente Palácio de Brocoió, situado na ilha do mesmo nome. A Ilha de Brocoió se situa na Baía de Guanabara e integra o entorno da Ilha de Paquetá.

Na época se reclamava do descaso do poder público com o imóvel, apesar de nele incluir o escritório local do governo fluminense. 55 anos depois, uma reportagem do jornal O Globo denunciava situação não muito diferente nos últimos anos.


SÃO PAULO, PARQUE ZOOLÓGICO MUNICIPAL, 1958

Este cartão postal mostra o Parque Zoológico Municipal de São Paulo nos primeiros meses de funcionamento, em 1958, ano de sua inauguração, que foi em 16 de março. A inauguração seria em janeiro, mas foi adiada devido às fortes chuvas que costumavam e costumam atingir a capital paulista no verão dos primeiros meses de cada ano.

Destaca-se um ônibus da antiga Viação Santa Amélia, percorrendo o local em primeiro plano, provavelmente um modelo da Nicola Ouro, uma novidade na época.


FLORIANÓPOLIS, EDIFÍCIO IPASE, 1950

Este belo cartão postal de Florianópolis mostra o Edifício Ipase no ano de 1950.


CAMPINA GRANDE, RUA MACIEL PINHEIRO E CÂMARA MUNICIPAL, 1966

Este cartão postal de 1966 mostra a cidade paraibana de Campina Grande, mostrando em primeiro plano a Rua Maciel Pinheiro e o antigo prédio da Câmara Municipal.


GOVERNADOR VALLADARES, PRAÇA JOSÉ SERRA LIMA, 1940

Essa foto, um cartão postal da marca Wessel, mostra a Praça José Serra Lima, na cidade mineira de Governador Valladares, na década de 1940, ainda com o aspecto pacato de sua área.


RIO DE JANEIRO, COMPUTADOR DA PUC, 1960

Essa foto publicada em O Jornal, periódico carioca dos Diários Associados, na edição de 21 de maio de 1960, mostra a aquisição de um computador pela Pontifícia Universidade Católica, no Rio de Janeiro, naquele ano. Naquele tempo não havia micro-computador e os computadores, apesar de maiores, tinham capacidade de armazenamento de dados muitíssimo limitada, em relação a hoje.


PAQUETÁ, CARTÃO POSTAL DE 1958

Já que mostramos Paquetá na postagem anterior, mostramos agora um cartão postal da Ilha de Paquetá, do ano de 1958, mostrando uma barca, cuja travessia simbolizou o começo da carreira de Sílvio Santos, locutor de auto-falantes desse serviço.


PAQUETÁ, 1960

Outra foto da edição de junho de 1960 do periódico Brasil Revista mostra um trecho da Ilha de Paquetá, conhecida pela sua vida pacata e praticamente isolada do frenesi carioca, apesar de ter serviço de barcas para Niterói e Rio de Janeiro.

No serviço de auto-falantes, pouco tempo antes desta foto, uma conhecida voz de um locutor entretinha os passageiros, que então não teriam ideia que esse locutor se tornaria um apresentador de TV de caráter nacional e também um empresário de uma conhecida rede de televisão, ninguém menos que Señor Abravanel, o Sílvio Santos.


NITERÓI, VISTA PANORÂMICA DE ICARAÍ, 1960

Aqui vemos uma foto, publicada na edição de junho de 1960 do periódico Brasil Revista, com a famosa vista panorâmica da Praia de Icaraí, em Niterói, naquele ano. Nela se vê, em primeiro plano, o Canto do Rio, parte final entre a avenida da praia, hoje chamada Av. Jornalista Alberto Francisco Torres, e a  Estrada Leopoldo Fróes.

Há também, na foto, a imagem, meio escondida, do antigo trampolim de Icaraí, e, no fundo, os três únicos edifícios da Praia que existem até hoje, um o Edifício Itapuca, na Praia João Caetano, e os dois edifícios no começo da Praia de Icaraí, o Edifício Vera Cruz, de número 91, e o Edifício Clóvis Bevilaqua, 97. Estes dois, de tão reformados, não parecem ter existido no começo dos anos 1960.


RIO DE JANEIRO, EDIFÍCIO POTENGI EM COPACABANA, 1951

A foto que vemos é do Edifício Potengi, localizado até hoje como o número 208 da Av. Nossa Senhora de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O prédio foi noticiado por causa de um acidente no qual um homem, Abel, que havia perdido um filho natimorto meses antes, salvou da morte a pequena Maria Cristina, que caiu da janela de um dos apartamentos.

A foto, na qual se vê o desenho de uma seta indicando a direção da queda, foi publicada em O Cruzeiro, no dia 10 de novembro de 1951.


RIO DE JANEIRO, AV. BEIRA-MAR, 1950

Esta foto, publicada na revista O Cruzeiro, de 23 de dezembro de 1950, mostra um dia de chuva no Rio de Janeiro, acontecimento muito comum na rotina de cariocas e de fluminenses em geral. Aqui é focalizada a Av. Beira-Mar, que liga o Centro à Zona Sul.


BELO HORIZONTE INTERIOR DE TREM SUBURBANO, 1960

Esta foto, do Diário Carioca de 04 de dezembro de 1960, mostra o interior de um trem que estava sendo lançado na época, destinado a linhas suburbanas e que prometia mais conforto para os passageiros da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

NITERÓI, RUA BARÃO DO AMAZONAS, 1961

Esta foto, publicada no jornal A Noite, de 06 de março de 1961, mostra a Rua Barão do Amazonas, no Centro de Niterói, com o problema crônico do lixo e da poça d'água que eram rotina no logradouro. Um lotação com cabine Chevrolet 1956 aparece estacionado no local.


NITERÓI, ESCRITÓRIO IMPROVISADO DA SERVE, 1960

Esta foto, de quase 58 anos de publicação, no Correio da Manhã de 03 de janeiro de 1960, mostra o posto improvisado da SERVE - Serviço de Viação Niterói-São Gonçalo - num bonde estacionado na então rua, hoje avenida, Visconde do Rio Branco.

Era apenas uma parte do escritório original, pois outra parte foi instalada num outro trolebus estacionado na mesma rua. Tanto o bonde quanto o trolebus que serviram de escritórios para a SERVE estavam estacionados no quarteirão entre a Rua Marechal Deodoro e a Rua Marquês de Caxias, hoje de grande movimento de pessoas e onde se situam dois centros comerciais.

O escritório da SERVE na Estação das Barcas foi destruído com o incêndio que arrasou com o prédio do terminal, devido a uma revolta popular em 22 de maio de 1959, contra o aumento das tarifas entre Niterói e Rio de Janeiro pela Companhia Cantareira e Viação Fluminense, empresa que administrava o serviço das barcas.