Pular para o conteúdo principal

SANTA ROSA

Pela primeira vez mostramos a Viação Santa Rosa, lendária empresa de Niterói, que havia sido extinta em 1963 pela pressão da concorrência da SERVE. A foto que vemos foi publicada no jornal O Fluminense de 28 de julho daquele ano e mostrava a garagem da empresa.

A Viação Santa Rosa surgiu por volta de 1942 e estava operando com 14 carros uma única linha, a antiga 29 Santa Rosa / Cidade, que ligava o fim de linha de Santa Rosa, no Viradouro, até o Centro Sul, nas Barcas.

A linha passava pelo Largo do Marrão e pelo Rink, mais ou menos o que começou a fazer a então recente linha 11 Santa Rosa / Centro, da SERVE. Com isso, a pressão política fez a Viação Santa Rosa fechar as portas e chegou-se a haver um protesto de moradores, indignados com a substituição dos 14 carros da Santa Rosa por seis da SERVE. Um abaixo-assinado chegou a ser feito.

Hoje, nem a 11 existe mais. Do ramal Centro X Santa Rosa, via Largo do Marrão, o que temos hoje de mais próximo (descontando linhas com destino mais longínquo) é a linha 40 Maceió / Centro, da Viação Pendotiba. A linha já existia na época, pela Viação Fortaleza.

A garagem da Viação Santa Rosa mostra veículos da Carbrasa 1959 e Grassi Argonauta, na frente, e, entre outros mais atrás, se destaca um "bicudinho" da Mercedes-Benz O-321.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ARARUAMA, ORLA DA CIDADE, 1967

Esta foto, publicada no Jornal do Brasil de 20 de outubro de 1967, mostra a orla de Araruama, município da Região dos Lagos banhado pela lagoa do mesmo nome. A área é considerada o portão de entrada da cidade, no caminho entre Saquarema e Iguaba Grande.


SÃO PAULO: VALE DO ANHANGABAÚ, 1953

A foto que vemos é um belo registro da célebre fotógrafa Alice Brill, mostrando filas enormes de espera por ônibus no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, no ano de 1953. As fotos da autora fazem parte do acervo preservado pelo Instituto Moreira Salles.

SÃO PAULO: PRAÇA CLÓVIS BEVILÁQUA, 1957

Mais uma preciosidade da São Paulo Antiga é a Praça Clóvis Bevilaqua, no bairro da Sé, na capital paulista, no ano de 1957, com seus muitos ônibus fazendo ponto no terminal localizado na área.