EXPRESSO ALCÂNTARA

Este registro curioso foi publicado no jornal O Fluminense de 04 de março de 1979, mostrando os então novos carros da Expresso Alcântara, de São Gonçalo (RJ), que dava seu canto de cisne naquela época, com detalhes da pintura que anunciavam sua extinção ao ser absorvida posteriormente pela Viação Mauá. Na época, a Ponte Rio-Niterói fazia cinco anos de existência.

Os veículos se destinavam à linha 533D para o Méier, que já não partia apenas da Venda da Cruz, como foi originalmente, mas também ainda não haviam chegado à Alcântara, como é hoje, tendo seu ponto inicial em São Gonçalo no Centro da referida cidade.



Comentários