SÃO PAULO, AV. IPIRANGA, 1959

Por incrível que possa parecer, em 1959 São Paulo, uma cidade considerada a mais moderna do país, não tinha um terminal de ônibus rodoviários, desvantagem em relação ao Rio de Janeiro, então capital federal, que pelo menos tinha o apertado terminal Mariano Procópio, na Praça Mauá, hoje extinto (atualmente o local abriga o Museu de Arte do Rio de Janeiro - MAR).

Na capital paulista, as linhas rodoviárias eram distribuídas em várias avenidas, como Ipiranga e Rio Branco, ou na Praça Clóvis Bevilacqua e no Largo da Concórdia. O tumulto dos passageiros era notável, vide a foto do acervo de O Estado de São Paulo, em que fileiras se amontoavam e se confundiam.

Em primeiro plano, na foto, aparece um ônibus da Viação Cometa, provavelmente com destino Rio de Janeiro, próximo à esquina da Av. Ipiranga com a Rua São João, eternizada pela canção de Caetano Veloso, "Sampa", anos mais tarde.


Comentários