RIO DE JANEIRO, AV. RIO BRANCO, EM 1949

Esta foto, do acervo de Flávio Mendonça (Flávio Rio), mostra a famosa avenida carioca, que liga a Zona Portuária à Glória, é de 1919. Nota-se a presença de canteiros na avenida e que o logradouro contava com duas mãos em seu tráfego.

Os canteiros foram removidos anos depois, em 1950, e então a avenida passou a ter uma mão, no sentido Glória - Praça Mauá, inverso do atual. Normalmente, a Av. Rio Branco atualmente só possui duas mãos no trecho entre a Praça Mauá e a esquina da Rua Dom Gerardo, de onde vêm os ônibus provenientes da Rua Primeiro de Março.

No entanto, essa regra foi suspensa, pois nos últimos tempos a Rio Branco opera com duas mãos em boa parte de seu entorno, já que o Rio de Janeiro desativou as avenidas da Zona Portuária ao Aeroporto Santos Dumont por conta da demolição gradual do Viaduto da Perimetral.


Comentários